Páginas

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

"VERSOS PARA MARLY"



"Dona de mim, estive em lugares mil
Cantei notas em tons altos
Curei a garganta com a saliva do meu sonho
Enfrentei barreiras sem temer
Estive em curvas perigosas
Numa delas, me deparei com você...
Ah, se soubesse de mim
Não me olharia até a íris
Penetraria na minha alma
E derreteria os seus planos
Somente para viver outros, ao lado meu
Se me engano ou se sonho
Já não sei mais de mim
Se manter os pés no seu chão é estar feliz
Nele deitarei até o dias do meu fim".

[Lavínia Lins]

Ao som de "Se eu soubesse" - Chico Buarque: